Águas de Março con Carlos Berlanga - Ana Belen



Letra de Águas de Março con Carlos Berlanga, canción donde Ana Belen interpreta uno de los temas que más suenan en el albúm Dual. Si te gusta la buena musica y te apasiona conocer letras de canciones de Ana Belen no te pierdas este single llamado Águas de Março con Carlos Berlanga, no querras parar de escucharlo.

Letra Águas de Março con Carlos Berlanga - Ana Belen

Escuchar Ana Belen Águas de Março con Carlos Berlanga Lyric Video.

Ana Belen canta la cancion Águas de Março con Carlos Berlanga dentro de su album Dual, os dejamos con la letra de Águas de Março con Carlos Berlanga para que la podais disfrutar. En el menu teneis mas letras del album Dual y de Ana Belen.


[ De: https://www.dicelacancion.com/letra/ana-belen/aguas-de-marco-con-carlos-berlanga ]

É pau, é pedra, é o fim do caminho É
um resto de toco, é um pouco sozinho É
um caco de vidro, é a vida, é o sol É
a noite, é a morte, é um laço, é o
anzol É peroba do campo, é o nó da
madeira Caingá, candeia, é o Matita
Pereira. É madeira de vento, tombo da
ribanceira É o mistério profundo, é o
queira ou não queira É o vento
ventando, é o fim da ladeira É a viga,
é o vão, festa da cumeeira É a chuva
chovendo, é conversa ribeira Das águas
de março, é o fim da canseira É o
pé, é o chão, é a marcha estradeira
Passarinho na mão, pedra de atiradeira.
É uma ave no céu, é uma ave no chão
É um regato, é uma fonte, é um
pedaço de pão É o fundo do poço, é
o fim do caminho No rosto o desgosto, é
um pouco sozinho. É um estrepe, é um
prego, é uma conta, é um conto é um
pingo pingando, é uma conta, é um
conto É um peixe, é um gesto, é uma
prata brilhando É a luz da manhã, é o
tijolo chegando É a lenha, é o dia, é
o fim da picada. É a garrafa de cana, o
estilhaço na estrada É o projeto da
casa, é o corpo na cama É o carro
enguiçado, é a lama, é a lama. É um
passo, é uma ponte, é um sapo, é uma
rã É um resto de mato, na luz da
manhã São as águas de março fechando
o verão É a promessa de vida no teu
coração. É uma cobra, é um pau, é
João, é José É um espinho na mão,
é um corte no pé São as águas de
março fechando o verão É a promessa
de vida no teu coração. É pau, é
pedra, é o fim do caminho É um resto
de toco, é um pouco sozinho É um
passo, é uma ponte, é um sapo, é uma
rã É um belo horizonte, é uma febre
terçã São as águas de março
fechando o verão É a promessa de vida
no teu coração Insertada: Anonimo

www.DiceLaCancion.com
Más letras de Ana Belen

Todas las letras de canciones (lyrics) son propiedad de sus respectivos autores y están disponibles en DiceLaCancion.com con carácter meramente educativo o informativo. No tenemos la canción Águas de Março con Carlos Berlanga de Ana Belen para descargar gratis en mp3. Te ofrecemos letra, traducción, información y vídeo musical para escuchar el tema Águas de Março con Carlos Berlanga de Ana Belen.

Las cookies nos permiten ofrecer nuestros servicios. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra política de cookies.

X